Copywriting

Copywriting

No Marketing e na Comunicação, a escrita tem o objetivo de convencer o público-alvo, seja para comprar um produto, um serviço ou até uma ideia/conceito. Isto está relacionado com o copywriting.

O copywriting é a ação de produzir textos com o objetivo de despertar e incentivar o público-alvo a uma determinada ação. Desta forma é considerada uma técnica persuasiva que inclui gatilhos mentais e estratégias para convencer as pessoas. A conversão pode ser a compra de um produto ou serviço, subscrição de newsletter, download de e-book, entre outras. Assim, o copywriting pode ser aplicado a:

  • Anúncios

Os anúncios, sejam eles os tradicionais ou digitais, têm o objetivo de promover produtos, serviços, ideias e marcas. Por isso, a mensagem publicitária deve ser persuasiva para o público-alvo de forma a obter resultados.

  • Artigos

Os artigos são a melhor opção para o copywriter se destacar e mostrar o seu valor, principalmente se este tipo de conteúdo fizer parte da estratégia de marketing da marca. Neste tipo de conteúdo é fundamental também a otimização para os motores de pesquisa – SEO, mas este será o assunto do nosso próximo artigo de blog.

  • E-mails

O e-mail marketing continua a ser uma das mais poderosas estratégias de marketing com resultados bastante positivos. Assim, a produção destes e-mails é fundamental para o sucesso, desde o assunto, o título, os textos e CTAs – call to action.

  • Peças publicitárias

As peças publicitárias para campanhas promocionais costumam precisar de um conceito geral e da identidade visual para os anúncios, spots, painéis, banners, entre outras peças.

  • Guiões

Os guiões, sejam para vídeos, campanhas ou telemarketing, têm também o objetivo de criar conteúdos poderosos para induzir a uma determinada ação.

Mas como criar textos que vendam?

Existem alguns truques e dicas para criar textos que vendem mais e melhor os produtos, serviços ou ideias/conceitos. Por exemplo:

  • Falar sempre a verdade
  • Dominar o assunto
  • Oferecer algo em troca
  • Recorrer a perguntas para criar uma maior empatia
  • Investir em histórias que despertem emoções no público-alvo
  • Utilizar gatilhos mentais

Quais os tipos de gatilhos mentais devemos utilizar no copywriting?

Os gatilhos mentais são mecanismos que transmitem confiança e despertam emoções nas pessoas. Os que apresentam melhores resultados são:

  • Afinidade

A afinidade é uma característica muito importante para o copywriting, pois as pessoas tendem a concordar com ideias com as quais se identificam. Não é verdade que preferimos, por exemplo, fazer negócio com uma pessoa que conhecemos em vez de com um desconhecido?

  • Escassez

É uma tendência do ser humano só dar valor quando se perde, por isso o gatilho de escassez é um dos mais praticados. Assim desperta-se nas pessoas a necessidade de adquirir um produto/serviço antes que este esgote. Por exemplo, dizer que só restam x unidades de um determinado produto ou x vagas para um evento.

  • Urgência

Relacionado com o gatilho de escassez, existe o gatilho de urgência. Este define um prazo para que determinada decisão seja tomada, ou seja, usar expressões que demonstrem brevidade. Por exemplo, “último dia para aproveitar os descontos!”

  • Exclusividade

Destacar o conteúdo pela sua qualidade é o foco do gatilho de exclusividade. Por exemplo, afirmar e partilhar que se tem o único método 100% eficaz para aumentar a produtividade da equipa.

  • Prova Social

A prova social é dos gatilhos com mais resultados, pois mostram que outras pessoas utilizam, compram e recomendam um determinado produto ou serviço ou ideia/conceito.

  • Especificidade

Este gatilho recorre a detalhes específicos para despertar a atenção do público-alvo e levá-lo a agir imediatamente. Assim é importante recorrer a dados específicos que sustentem as afirmações de forma a transmitir credibilidade. Por exemplo, 90% das pessoas estão ligadas à internet todos os dias.

  • Reciprocidade

A reciprocidade é também um gatilho muito importante, principalmente quando queremos pedir alguma coisa. Assim ao oferecermos algo, as pessoas sentem o dever de retribuir.

Em suma, o copywriting utiliza técnicas de persuasão, gatilhos mentais e outras ferramentas de comunicação, mas jamais deve apresentar informações ou promessas falsas, pois o mais importante para se obter resultados é ser-se franco e verdadeiro com o público.

No Comments

Leave a Reply

OS NOSSOS CLIENTES


Faça como os nossos clientes. Escolha a opção mais adequada e inteligente. Comece a trabalhar hoje connosco!

CONTACTE- NOS


Ainda com dúvidas sobre como começar, ou gostaria apenas de saber o que a Izzato pode fazer pelo seu negócio? Deixe-nos uma mensagem ou ligue-nos.

Morada:

Zona Industrial Feital Pavilhão 15
4700-152
Braga

Email:

info@izzato.com




    Não encontrou a solução ideal?

    SAIBA COMO A IZZATO O PODE AJUDAR